Onde andam seus olhos que a gente não vê?

0

Quinta-feira, 20hrs. Algumas pessoas estão em casa descansando, outras, ainda na rua. De repente tudo se apaga. A cidade inteira. O país inteiro. Tudo fica fora do ar. As pessoas entram em pânico, ficam com medo. Umas se escondem na rua para não serem assaltadas, outras ficam exatamente aonde estão, intactas, e outras, ainda, tentam se conectar a internet para postar o ocorrido em seu facebook, twitter, grupos do whatsapp e afins.

Quinta-feira, 22hrs: A luz volta a brilhar. Não somente nas casas, mas no país inteiro. Pena que quem ficou pra trás foi somente a internet. – Wtf? Sim, o 3g não voltou. O sinal de wi-fi não “pega” e a notícia começa a se espalhar: A crise afeta também a internet e ficaremos sem ela por um bom tempo. E agora? Calma! A gente só está sem internet, não deve ser nada demais. Ainda há vida sem internet, né?!

city-sunny-people-street-compressor

Sexta-feira, 07hrs da manhã. Não foi um sonho, o país está sem internet, e agora? Será que ainda sabemos ligar para a outra pessoa para lhe desejar um bom dia? Aliás, será que todos aqueles amigos dos grupos bombásticos do WhatsApp vão me ligar para falar comigo ou me mandar um simples SMS? Afinal, eu não sumi. Estamos apenas sem internet.

Fotos não serão mais postadas e sim reveladas. Ainda existe essas lojas que fazem isso? Mas, e o check in no facebook/swarm? Ninguém precisará saber aonde vai almoçar hoje. Como vou escutar minhas músicas favoritas? E minhas playlists do spotify? Ah, fica tranquilo! Ainda existem lojas que vendem CD’s e aposto que aquele velho discman está em uma das caixas de coisas velhas da dispensa.

E o Tinder? Nada melhor que uma boa balada e uma boa mesa de bar, né? Olho no olho sempre foi a melhor opção. E os snaps? Guarde todos esses momentos legais que iria compartilhar com os amigos, marque um encontro com todos e conte tudo, simples. E as notícias dos grandes portais? E como vou a achar uma resposta para meu trabalho para a faculdade? Para ligar na pizzaria? Sobre as notícias, o jornal, as revistas e os telejornais ainda não acabaram. Sobre as respostas… as bibliotecas lotadas de livros estão aí, né?! E graças a Deus ainda entregam guias telefônicos nos bairros. Sem netflix? Reative o cadastro na locadora, você esperaria até lançarem um dvd ou é tempo demais? E as facilidades de pagar contas pelo app? Filas de banco, agora existe até cadeiras para esperar, sabia?

Como dizem por aí: Para todas as perguntas na vida existem respostas.

A crise da internet não existe, mas é por ela que às vezes não nos damos por conta de várias coisas do nosso cotidiano. A internet está evoluindo cada vez mais, novos recursos estão saindo do forno de hora em hora, mas não devemos esquecer das coisas mais simples e boas da vida.

Share.

About Author

Gaúcha, 23 anos. Estudante de Publicidade e Propaganda, vivo em São Paulo, mas amo o Rio de Janeiro. Comunicativa, adoro ter amigos perdidos em vários cantos do país. Viciada em redes sociais, gosto sempre de estar conectada com o mundo. Chega mais, vamos conversar ;)

Leave A Reply