Não tropece nos medos – Porque mudar é preciso

0

Mudança.

Todo mundo tem medo de mudanças.

Ela é assustadora, gera  insegurança, incertezas, dúvidas.

Sejamos sinceros, você tem medo de mudar de escola, casa, bairro, rotina, amigo, namorado, até a mudança de médico te gera medo.

Vamos lá, vou explicar melhor:

Quando você muda de bairro, você tem medo que a nova vizinhança não te agrade, tem medo do novo ambiente, talvez até medo de sair na rua durante os primeiros dias.

Quando se muda de escola, você tem medo de não se sair bem durante o ano letivo, de não fazer novas amizades, inseguro por estar entre estranhos.

Quando estamos em um relacionamento e ele chega ao fim, você tem medo da ausência que aquela pessoa pode causar na sua vida, medo de não encontrar uma pessoa legal, medo de nunca encontrar alguém que te faça se sentir tão bem quanto a anterior.

Quando você muda de médico, tem medo deste não ser tão profissional quanto o outro.

Mas, por mais assustadora que seja a mudança, ela é essencial, necessária.

Mas já imaginou se não houvesse mudança e sua rotina fosse sempre a mesma? Todos os dias as mesmas pessoas, as mesmas coisas, opiniões iguais, pensamentos iguais.

Cá entre nós, monotonia é um tédio, causa impaciência, gera desânimo.

A verdade é: por mais radical que seja a mudança em nossas vidas, devemos ser maduros o suficiente para saber lidar com ela.

Não devemos nos agarrar a coisas que nos gera tristeza só por medo da mudança que aquilo pode causar se deixarmos de lado.

Devemos ser fortes o suficiente para aprender aceitar as novas oportunidades. Aceitar a mudança é aceitar a incerteza, ela pode ser boa ou ruim.

Ter medo da mudança não nos torna fracos, nos torna humanos, demonstra sentimento.

Mas, devemos estar prontos para aceitá-la, aceitar o novo, por mais incerto que ele seja.

A magia da vida está onde seu medo cruza a fronteira.

Processed with VSCOcam with f2 preset

Av. Protásio Alves – Porto Alegre/RS

Share.

About Author

Gaúcha, 23 anos. Estudante de Publicidade e Propaganda, vivo em São Paulo, mas amo o Rio de Janeiro. Comunicativa, adoro ter amigos perdidos em vários cantos do país. Viciada em redes sociais, gosto sempre de estar conectada com o mundo. Chega mais, vamos conversar ;)

Leave A Reply