O verdadeiro publicitário é o vendedor ambulante, e eu vou te dizer o porquê.

2

Em São Paulo, é inevitável você não se deparar com um vendedor ambulante, seja no ônibus, no metrô ou até mesmo nas calçadas, eles estão em todos os lugares.

Como utilizo transporte público, pela terceira vez em uma semana, encontro “o cara do Kit Kat”. Ele, me chamou a atenção na primeira vez que o vi, mas da última, percebi que as pessoas do ônibus o conheciam e cumprimentavam. Claro, “o cara do kit kat” não só sai por aí vendendo seu produto, ele é um verdadeiro gênio e publicitário do ônibus, há mais de vinte anos no mercado.

A cada palavra que ele falava e gesto que fazia, anotava em meu bloco de notas muitas coisas relacionadas a publicidade.

Vem ver comigo quais são eles:

1 – Acredite no seu produto

Não basta fazer vender aquilo que gosta, ou então o produto mais barato. O bom vendedor é aquele que acredita no seu produto e lhe dá os melhores motivos do mundo para comprá-lo. Mas antes disso, ele precisa acreditar nele mesmo, ter a consciência de que aquilo é o que vai fazer a diferença no consumidor.

cast-away-original

2 – Seja persuasivo

Assim como o cara do Kit Kat, existem também aqueles que diferentemente estão vendendo apenas por vender. Na publicidade também é assim, não é? Muitas vezes o produto é bom, muitas vezes queremos comprá-los e ainda o vendedor acredita em seu produto, porém isso não é o suficiente. Ser persuasivo faz a diferença.

wolf-of-wall-street04

3 – Vende mais aquele que melhor conta a sua história

O vendedor ambulante nada mais é do que um contador de histórias, o que melhor faz o storytelling. Não basta apenas vender, tem que haver toda aquela emoção e aquela vontade de adquirir o produto, aliás, a história que está por trás dele.

FORREST GUMP

4. Muitas vezes o consumidor não quer ouvir histórias tristes

Existem vendedores ambulantes “de carteirinha”, como o vendedor de Kit Kat, que está há mais de vinte anos no mercado e tem muito orgulho de gritar isso para todo o ônibus em alto e bom tom, mas a gente sabe que na maioria das vezes não é assim. Muitos, ainda contam “que estão vendendo por obrigação, para poder levar dinheiro para casa”.

2

Tudo bem, o vendedor não está errado, mas a maioria dos consumidores que pegam o ônibus às 8hs da manhã também estão querendo levar dinheiro para a casa com o seu trabalho, certo? Ser criativo na hora de contar histórias sempre é um ponto a mais.

5 – Cative seu público

Tanto o vendedor, quanto nós, comunicólogos, trabalhamos com diferentes consumidores e tudo o que eles querem é atenção, envolvimento, se deixar levar pela emoção. Exatamente o que o cara do Kit Kat faz, cativa o seu público. Logo quando entrou no ônibus, as pessoas já estavam cochichando, rindo, e até mesmo tirando dinheiro da sua carteira, pois o conheciam e de alguma forma simpatizavam com ele, o que levava a compra.

afbeelding-21

6 – Pesquisar preço, produto e renová-lo é importantíssimo

Assim como na publicidade, nem tudo são flores. Muitas vezes a criatividade ganha, outras o preço do produto. O vendedor ambulante não pode e não deve vender somente algo fácil e barato para ele, mas sim ver o que realmente o que seu público quer. E o mais importante: se o produto não vende, troca. Afinal, há vinte anos atrás o Kit Kat não estava em alta e provavelmente esse cara estava vendendo outra coisa, certo?

Mad-Men-T2-Maratona-836

Acredito que não somente o cara do Kit Kat, mas há vários ambulantes fazendo seu trabalho da maneira certa, os verdadeiros publicitários, que seguem, não somente estes pontos, mas muito outros mais por sua própria intuição do que qualquer outra coisa. Entender o público, cativar e criar estratégias na publicidade é muito fácil, difícil mesmo é ter tudo isso e ainda conseguir gerar bons resultados.

Share.

About Author

Gaúcha, 23 anos. Estudante de Publicidade e Propaganda, vivo em São Paulo, mas amo o Rio de Janeiro. Comunicativa, adoro ter amigos perdidos em vários cantos do país. Viciada em redes sociais, gosto sempre de estar conectada com o mundo. Chega mais, vamos conversar ;)

2 Comentários

Leave A Reply